Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
2




Partilhe este Site...

<

p><


table border="0" align="center">

 

 OS  textos e videos aqui deste blog , muitos  são encontrados na internet ,se for dono de algum material  aqui, me fale se pode ficar, ou se quer que  eu retire , meu objetivo neste blog divulgar a fraternidade branca , e ajuda espiritual a distancia em sites sérios   espiritualistas  de  reiki , kardecista  e  A PAZMUSICA PARA EXPULSAR AS ENERGIAS RUINS

A melhor forma de nos doar é nos colocar no lugar do outro que necessita de ajuda, deixando com que a intuição nos indique, o que podemos auxiliar sem interferir no seu livre-arbítrio.

Uma oração, um bom pensamento, um sorriso são procedimentos tão simples, porém que tanto auxiliam.

O importante é não deixar com que o coração se endureça, tornando-se egoísta e vivendo apenas para si próprio.

Deixemos que DEUS possa agir em nossas vidas, nos tornando canais da luz e do amor, para que esse planeta venha a ter vida em abundância.

Não deixemos que o egocentrismo destrua esta humanidade.

Que cada um de nós busque descobrir a melhor forma de se doar, no momento e na hora certa, onde haja a necessidade.

Nosso planeta é nossa casa e somos todos uma Grande Família.

FAÇA UMA DOAÇÃO voluntária  PARA A PÁGINA  conta poupança ag =1475 conta =50171-2 319 BANCO ITÁU           

COLABORE CONOSCO PARA MANUTENÇÃO DO SITE.

Doação Espontânea na Conta: conta  acima

 

 

 

 


roda xamânica
roda xamânica


UMA RODA SAGRADA É

 

 

As rodas, ou círculos, representam a totalidade. Na Índia é um instrumento para conduzir ao Eu Profundo, e é chamada de Mandala. Segundo Jung, a mandala se encontra na própria alma humana, aparecendo nos sonhos e em diversas imagens criadas pelo nosso inconsciente. O círculo é o símbolo do Sol, do Céu e da Eternidade. O princípio masculino e feminino na China (Yin-Yang) é simbolizado por um círculo dividido, em branco representando o Céu, e o preto a Terra.

Os círculos aparecem no zodíaco, calendários, talismãs, pontos, templos, altares, etc..

O círculo é um símbolo para o entendimento do mistério da Roda da Vida. O homem olha o mundo físico através de seus olhos, que são circulares. Assim como a Terra, a Lua, o Sol e os Planetas. O tempo discorre de um movimento circular, e muitos ritos e cerimônias observam o sentido horário. Os pássaros constróem seus ninhos em formas circulares, os animais delimitam seu território em círculo.

Os índios americanos reconhecem a vida como um movimento circular, um caminho a ser percorrido na Roda Medicinal, Roda de Cura.

Quando se constrói uma Roda Medicinal, edifica-se uma representação simbólica do Universo e da Mente Universal, cujo o Todo é conectado em sincronização harmônica com todos os seres.

A Roda é um mapa da mente e a carta da vida. É um círculo de geração de poder, debaixo do controle da mente, permitindo seu uso para achar nosso próprio caminho de autoconhecimento, para mudar e transformar a própria vida.

As Rodas Medicinais dos nativos norte-americanos são constituídas de 36 pedras alinhadas de forma circular. Existem várias versões, dependendo de cada tradição.

Servem também para rezar, meditar, contemplar, fortalecer nossa conexão com a natureza, etc..

Estudar a Roda Medicinal ajuda a lembrar a conexão com todos os aspectos do Universo. Cada pedra na Roda Medicinal é uma ferramenta para ajudar você a entender traços de seu passado que molda o presente e o futuro planetário.

Uma das chaves da sabedoria de muitas culturas xamânicas é o conceito da Roda Sagrada, conhecido também pelo xamanismo como Círculo da Vida. Da mesma maneira que há muitas culturas diferentes que respeitam a Roda Sagrada, assim também há muitos símbolos associados com ela, a Mandala Tibetana, a Roda Medicinal, o Pentagrama, a Cruz Céltica, a Roda do Sol, o Sol Espiral e muitos mais. Estes símbolos procuram trazer iluminação para aqueles que meditam e se conectam com eles.

 

Os Guardiões Espirituais trazem os ventos correspondentes a cada direção para a terra.

Wabun é o mensageiro da alvorada que traz o vento morno da primavera do leste.

Shawnodese traz do Sul o vento quente do verão.

Mudjekeewis traz do Oeste o vento fresco do outono.

Waboose é o detentor do mistério dos conhecimentos antigos e traz o vento frio do Norte.

Cada diração aponta para um caminho.

A leste indica o caminho do visionário, o poder da luz, o portal para busca da iluminação.

A sul indica o caminho da cura da criança interior promovendo o crescimento, o poder da confiança e do amor, o portal para as emoções.

A oeste indica o caminho da cura física, o poder da transformação e introspecção, o portal para o corpo. O Oeste é a morada tradicional do Urso, dentro da Roda da Cura. Esta direção está relacionada ao Vazio e é representada pela cor preta. No Oeste vamos ao encontro da morte e damos um passo além do medo. E, ao nos defrontarmos com ela, experienciamos o vôo do Espírito, identificamos o Eu imortal e transcendente, nos libertamos das garras do medo e requisitamos uma vida de plenitude. Aqui vamos enfrentar o desconhecido ou aquilo que tememos conhecer.A capacidade de exercer a interiorização e a introspecção faz parte da energia feminina, que é uma energia mais receptiva.

Para compreender mais o Oeste, o lugar de "olhar para dentro", precisamos compreender primeiro as nossa verdadeira natureza. A menos que estejamos em estreito contato com todos os nossos Parentes - as árvores, os minerais, os vegetais, Mãe Terra, Pai Céu, Avô Sol, Avó Lua, os Quatro Espíritos (Ar, Terra, Fogo e Água), os Animais e todas as demais formas de vida, desde o átomo até a Grande Nação das Estrelas - sentiremos que as respostas vêem fora de nós. Quando entendermos que o espirito de todas estas formas de vida vivem dentro de nosso corpo, começaremos a compreender que podemos olhar para dentro, em busca de todas as respostas.

A norte indica o caminho do guerreiro, o poder do conhecimento e da sabedoria, o portal para a mente, purificando a terra e obrigando os homens a isolar-se para a renovação.

Começamos virando para o Leste – Invocamos a Wabun, o leste é o centro de iluminação onde habita a águia, que voa mais alto e tem uma visão aguçada. É representado pela cor amarela do nascer do sol, a primavera, o nascimento, um novo início, a iluminação. O leste é onde o Avô Sol nos saúda a cada manhã. Seu elemento é o Fogo, procure conectar-se com ele, pedindo clareza para enxergar uma situação, clarear um relacionamento, definir um novo projeto de vida, e fortalecer a sua autoconfiança.

Olhando para o Sul, invocamos Shawnodese, o sul é onde mora a criança interior e também representa o lugar onde começa a vida física. É representado pela cor vermelha  da radiação do Sol, o meio-dia, o verão, o crescimento, o vigor físico, a inocência e o frescor da infância, os sentimentos, a alegria, a paixão. Os animais sagrados são: o camundongo (que vê as coisas de perto e sente tudo pelo toque), o coiote (o trapaceiro, usando as armadilhas das emoções para ensinar) e o sapo (purificação). Seu elemento é a Água, procure entrar em contato com ela ouvindo uma fita de tambor com o ritmo do coração, perto de um lago ou num campo aberto e verde. Perceba suas emoções, identifique as feridas, conecte-se com sua criança interior. Reavalie os seus comportamentos, considerando como evitar cair em novas armadilhas, mas sem perder a confiança em si e no mundo.

No Oeste, invocamos Mudjekeewis, o oeste é morada do Urso dentro da Roda Sagrada. É representado pela cor preta do por do Sol, o outono, o silêncio, o repouso, a introspecção e contemplação, a oração para conseguir a cura e transformação, os desafios da idade adulta, o contato com os espíritos ancestrais, a força e a regeneração através da Mãe Terra. A Terra é o seu elemento, procure conectar-se com ela caminhando pelo bosque com os pés descalços ao cair da tarde.

Virando para o Norte, suplicamos a Waboose a sabedoria do norte, que é o local sagrado dos ancestrais. É representada pela cor branca, da neve no inverno, o silêncio das montanhas, as sabedorias dos anciões, a capacidade de aprender através das experiências, a busca de novos conhecimentos, abertura de novos horizontes, libertando-se dos padrões mentais dogmáticos ou ultrapassados, aprendendo a pensar, analisar, sintentizar, compreender, organizar e lembrar. Os animais sagrados são o búfalo (representando a abundância), a coruja (a sabedoria) e a borboleta (renascimento). Seu elemento é o Ar, que nos ajuda a descobrir a sabedoria dos longínquos antepassados e a estabelecer um elo de ligação com o divino. Procure sentir o ar, imaginando-se no alto de uma montanha com ventos fortes e nuvens correndo ao seu lado, não esqueça de agradecer aos antepassados através de oração, pelo legado de conhecimento que eles deixaram para nós, os seus descendentes.

Volte-se novamente para o Leste. Você completou o círculo da Roda Sagrada. Aonde você se encontra agora, você tem a habilidade para escolher e tomar decisões dentro de sua própria vida. Você é merecedor, porque você é uma criança do universo, como todas as coisas. Olhe para baixo em direção a Mãe Terra e a chame para ajudar você a entrar em equilíbrio e harmonia com todas as coisas. Agora olhe para o Pai Céu e o chame para guiá-lo e o ajudar nesta conexão. Agora honre a direção de dentro, onde mora seu coração. Escute seu coração. Ele o guiará no seu caminho, se você escolher escutá-lo.

A partir deste ponto, você pode escolher meditar em alguma direção, dançar seus animais para achar seu poder pessoal ou reconhecer uma necessidade a ser cumprida. Este é um ponto perfeito para realizar um ritual ou uma cerimônia. No centro do círculo, todas as coisas são possíveis; nós só estamos limitados pelas limitações que nós colocamos na nossa vida.

Ao terminar, chame as direções, no sentido anti-horário, honre-as por tudo que lhe foi dado para ajuda-lo a devolver a consciência normal.

Encontre seu lugar na roda, e lembre-se que precisamos despertar o divino que há dentro de nós e restabelecer nossa conexão com a natureza e com o mistério do cosmo. Se há alguma esperança para a sobrevivência terrena, essa está na nossa consciência, onde devemos aprender a entender um ao outro e viver em harmonia com nossa Mãe Terra.

A roda medicinal

As rodas, ou círculos, representam a totalidade. Na Índia é um instrumento para conduzir ao Eu Profundo, e é chamada de Mandala. Segundo Jung, a mandala se encontra na própria alma humana, aparecendo nos sonhos e em diversas imagens criadas pelo nosso inconsciente. O círculo é o símbolo do Sol, do Céu e da Eternidade. O princípio masculino e feminino na China (Yin-Yang) é simbolizado por um círculo dividido, em branco representando o Céu, e o preto a Terra.

Os círculos aparecem no zodíaco, calendários, talismãs, pontos, templos, altares, etc.

O círculo é um símbolo para o entendimento do mistério da Roda da Vida. O homem olha o mundo físico através de seus olhos, que são circulares. Assim como a Terra, a Lua, o Sol e os Planetas. O tempo discorre de um movimento circular, e muitos ritos e cerimônias observam o sentido horário. Os pássaros constroem seus ninhos em formas circulares, os animais delimitam seu território em círculo.

Os índios americanos reconhecem a vida como um movimento circular, um caminho a ser percorrido na Roda Medicinal, Roda de Cura.

Quando se constrói uma Roda Medicinal, edifica-se uma representação simbólica do Universo e da Mente Universal, cujo o Todo é conectado em sincronização harmônica com todos os seres.

A Roda é um mapa da mente e a carta da vida. É um círculo de geração de poder, debaixo do controle da mente, permitindo seu uso para achar nosso próprio caminho de autoconhecimento, para mudar e transformar a própria vida.

Servem também para rezar, meditar, contemplar, fortalecer nossa conexão com a natureza,etc.

Estudar a Roda Medicinal ajuda a lembrar a conexão com todos os aspectos do Universo. Cada pedra na Roda Medicinal é uma ferramenta para ajudar você a entender traços de seu passado que molda o presente e o futuro planetário.

A Roda Sagrada dos Nativos Americanos, consistem de 36 pedras. Um Círculo externo com 16 pedras, representando as 12 Luas e os 4 Guardiães Espírito, 4 raios de 3 pedras cada um representando os Caminhos Espirituais, um círculo interno de 7 pedras representando a Mãe Terra, o Pai Sol, a Avó Lua, os 4 Clãs Elementares e uma pedra no centro, representando O Criador.

Cada pedra tem seu propósito. Quando alguma lhe chama a atenção, normalmente é porque aquela área em sua vida precisa de cuidados. Quando você for viajar pela roda, faça anotações. Escreva suas idéias, ao meditar com as pedras. Leia o que você escreveu, com uma mente aberta e verá que as respostas que você busca podem vir a você, quando você menos esperar por isto.

O melhor modo para viajar ao redor de uma Roda Sagrada é caminhar ao redor dela e sentir uma pedra particular te chamando. Você poderá fazê-lo até neste pequeno esquema abaixo. Relaxe, e passe seus olhos pelas pedras de maneira desfocada. Quando você sentir que uma pedra esta "falando" com você, veja oa seu número e recorra à descrições mais abaixo da pedra e seu significado. Mas elmbre-se que a resposta ainda não está ali, mas dentro de você mesmo. A Roda é apenas um caminho que poderá lhe ajudar a chegar nela.

 

1. O Criador - A pedra do criador lhe põe em contato com sua própria habilidade para criar, sua fé, seu próprio caminho sagrado e sua própria habilidade para se desenvolver. Se você está tendo dificuldade em achar seus valores espirituais ou sente uma necessidade de mudança em sua vida, você pode encontrar-se aqui porque você deseja ver a vida com uma visão diferente.

2. A Mãe Terra - Esta pedra lhe fala da energia feminina sendo criada  dentro de você e sobre a terra. É um lugar para se afinar com as energias da terra. Quando você se sente agressivo, sem paciência ou impotente para fazer qualquer coisa em relação ao mundo a pedra da Mãe Terra pode lhe ajudar a achar soluções positivas que lhe ajudarão neste processo.

3. Pai Sol - O Pai Sol lhe diz da energia masculina e sobre o princípio ativo do universo. Se você se sente despotencializado, sem energia ou calor, com dificuldades para realizar seus objetivos, esta pedra pode lhe ajudar a discriminar entre o que precisa ser feito e o que pode ser deixado para depois. Também é um lugar para adquirir contato com seu lado masculino.

4. Avó Lua - Esta pedra representa a energia da introspecção. Quando voc6e sente uma certa urgência em entrar em contato consigo mesmo, querendo aprender mais sobre si mesmo, curioso a respeito de seus sonhos e visões e querendo muito aumenta as suas habilidades psíquicas e intuitivas ou entender melhor suas emoções mais profundas; aqui é o seu lugar. A Avó Lua lhe ajudará a descobrir seus medos e superá-los.

5. O Clã da Tartaruga - O Clã da Tartaruga é o Clã da Terra. Este é o lugar para você aprender sobre força e estabilidade. Se você se sente insensível e manipulador, talvez esta seja a hora para você promover algumas mudanças em sua vida. O desapego deve ser aprendido. O Clã da Tartaruga pode lhe ajudar também a se tornar mais seguro.

6. O Clã do Sapo - O Clã do Sapo é o Clã da Água. Um lugar para aprender sobre seu poder de transformação, rejuvenescendo e regenerando seus poderes. O Clã do Sapo pode lhe ajudar a aprender expressar melhor suas emoções e lhe ajudar em sua cura emocional.

7. O Clã do Pássaro Trovão - O Clã do Pássaro Trovão é o Clã de Fogo. Representa vitalidade e transformação. O Fogo tanto ajuda quanto destroi. Procure perceber se você também não está fazendo a mesma coisa. O clã do Pássaro Trovão pode lhe ajudar a entender a realidade em todos os níveis, mental, físico e emocional.

8. O Clã da Borboleta - O Clã da Borboleta é o Clã do Ar. Este é o lugar para aprender mais sobre seu próprio intelecto ou se você deseja trazer mudança em sua vida. Se você se sente sem direção, meio que no caos o Clã da Borboleta pode estar lhe pedindo que veja o que verdadeiramente precisa de ser mudado e o ensina a realizar essas mudanças.

9. Waboose, Guardião do Espírito do Norte - A lição de Waboose é o compartilhar. É tempo para devolver à Mãe Terra a generosidade que ela nos deu. Este é o lugar de cura física, um tempo para dar obrigado pelas curas realizadas e pedir cura para nós mesmos e outros. Porque Waboose é o poder da espiritualidade fundamentado na terra, este é um lugar para aprender aceitar a vida, a morte e a necessidade de compartilhar o que nós recebemos.

10. Wabun, Guardião do Espírito do Leste - A lição de Wabun é o recomeçar, como levar seu conhecimento Espiritual e projeta-los na sua vida. Este é o lugar para curar a mente. Em Wabun, nós aprendemos buscar as verdades e eliminar qualquer mentira que pode nos estar prejudicando a novos começos. Wabun dá energia renovada, intensidade e persistência. Ache sua criatividade e a utilize.

11. Shawnodese, Guardião do Espírito do Sul - A lição de Shawnodese é o da proteção. Este é o lugar para curar as emoções e o coração. Shawnodese pode lhe ajudar a entender por que você é atraído por uma pessoa em particular, como ajudar o crescimento de uma relação, ou como se tornar uma pessoa mais amorosa. É um lugar para examinar tudo aquilo que é amor e tudo aquilo não tem nenhum amor: ódio, inveja, ciúme, ira e raiva. Aprenda se abrir novamente para os outros, isso não será doloroso para você.

12. Mudjekeewis, Guardião do Espírito do Oeste - A lição de Mudjekeewis é sobre a maturidade. Aqui nós aprendemos verdadeiramente ser concernidos para os outros. Este é o lugar para curar a espiritualidade. Quando se encontrar nesta pedra, é um tempo para avaliar tudo aquilo que você aprendeu na vida e pergunte o que você deverá fazer para ajudar cumprir seu propósito. É um tempo para compartilhar seu conhecimento como um professor.

13. Lua da Renovação da Terra - A Lua de Renovação da Terra nos ensina  a respeitar a tradição e o ritual, receber e transmitir a energia do universo tão claramente quanto possível e comunicar o conhecimento antigo aos outros. Este é um lugar de grande potencial de poder e deveria ser utilizado sabiamente. Aprenda ser adaptável.

14. Lua do Repouso e da Purificação - Esta lua pode lhe ajudar verdadeiramente como pessoa, Durante este tempo você pode desenvolver suas habilidades psíquicas.

15. Lua dos Grandes Ventos - A Lua dos Ventos Grande é um lugar para descobrir seu próprio poder de cura natural. Aprenda sobre sua sensibilidade profunda, seu desejo sobre sua espiritualidade e seu desejo para esconder seus verdadeiros sentimentos. Se previna do mau humor e tente controlar-se usando sua sensibilidade.

16. Lua das Árvores em Botão - Neste lugar, você aprenderá canalizar suas energias. Você pode ser muito eufórico em suas emoções, mas você tem que se conter. Esta é a lua da paciência, mais com os outros do que com você.

17. Lua da volta dos Sapos - Este é um lugar de equilíbrio. Você aprenderá como trazer estabilidade para sua vida sem ser teimoso. Saiba o valor do trabalho duro e de suas habilidades criativas para ter ordem e beleza em seu ambiente.

18. Lua do Plantio do Milho - Aqui você aprenderá sobre suas próprias habilidades curativas. Você verá a beleza em você, nos outros e em seu ambiente. Você também aprenderá a trabalhar sua personalidade. Se lembre de equilibrar tempo e energia e ser mais consistente, menos suspeito e demonstrar seus sentimentos mais profundos.

19. Lua da Luz Forte - Desta lua você aprenderá a importância de uma base familiar forte. Este é o lugar de nutrição, maternidade, família e casa. Equilibre sua natureza selvagem, intuitiva com sua casa conservadora e seu lado amoroso. Fique longe de se afogar em suas emoções.

20. Lua dos Frutos Maduros - Esta lua lhe adverte para estar atento em sua tendência para ser impulsivo, arrogante e dominante. Aprenda demonstrar afeto, desenvolva habilidades de liderança e enfrente seus medos. Desenvolva sua coragem para lhe ajudar a falar com o coração.

21. Lua da Colheita - A Lua da Colheita lhe ajudará a aprender a fazer julgamentos bons. Justiça é o tom desta lua. Este é o lugar para ganhar confiança e desenvolver sua habilidade para analisar. Evite fazer crítica aos outros ou ser muito cínico em relação a vida.

22. Lua do Vôo dos Patos - Se você encontrou esta pedra, você pode estar se movendo rapidamente de uma idéia para outra ou estar tendo altos e baixos em seu estado de humor. Você precisa se equilibrar puxando a energia da terra e do sol para você. Pode haver um pouco de desconforto enquanto alcança o equilíbrio. Seja forte em suas decisões, como muitas mudanças pode haver confusão mental e emocional.

23. Lua do Tempo Frio - Aqui você aprenderá sobre a extensão de sua própria energia. Você tem a habilidade para criar a mudança e um forte desejo de conhecer a verdade. Você pode viajar entre os mundos diferentes e pode ser um mensageiro nos aspectos espirituais de sua vida. Mantenha-se equilibrado.

24. Lua da Neve - Você tem a habilidade para perceber e refletir os pensamentos e sentimentos dos outros. Coloque seus próprios sentimentos pessoais num quadro. Desenvolva sua força mental e habilidades de comunicação.

25. Pedra da Limpeza - No nível físico, este é o lugar para ajudar limpar seu corpo de toxinas que estão o impedindo de ser saudável. Mentalmente, esta pedra ajuda esvaziar idéias velhas e modos de pensar. Se suas emoções estão bloqueadas, este é o lugar para ir clarear seus canais emocionais. Espiritualmente, a pedra da limpeza pode lhe ajudar a achar o que é sagrado, lhe ajudar a tirar idéias espirituais velhas que podem estar obstruindo seu verdadeiro caminho.

26. Pedra da Renovação - Esta é a pedra para lhe ajudar a aprender como ficar saudável fisicamente, mentalmente, emocionalmente e espiritualmente. Este é um lugar curativo, um lugar para começar reconstruindo seu corpo para seu estado saudável. A Pedra da Renovação é um modo para aprender abrir a mente para idéias novas e manter atitudes mais positivas. Você aprenderá  a se amar e adquirir contato com sua espiritualidade.

27. Pedra da Pureza - A Pureza é um retorno a inocência, olhar o mundo pelos olhos de uma criança. Limpando seu corpo, começa a ficar puro. Libertando-se dos preconceitos e certas concepções, é se purificar mentalmente. Honestidade, espontaneidade e integridade são as chaves para se purificar emocionalmente. Espiritualmente, você se encontra em um lugar de equilíbrio, um lugar de auto-realização.

28. Pedra da Claridade - Este é o lugar para ajuda-lo a proceder em relação ao mundo, tornando-o menos complicado. A Pedra da Claridade pode ajudar desbloquear seu fluxo de energia, aumentar sua consciência e melhorar sua habilidade para comunicar. Tenha entretanto cuidado, porque a claridade pode lhe enganar para  acreditar que sua mente sabe tudo e assim você perderá o verdadeiro conhecimento que vem do coração.

29. Pedra da Sabedoria - Com a Sabedoria você aprenderá seus limites, em relação ao seu Ser e ao mundo ao seu redor. Este também é o lugar para aprender a aplicar o conhecimento que você ganhou por experiência. Aqui, você pode aumentar sua estabilidade e maturidade. Esta pedra lhe ajudara a saber o que é verdadeiramente bom para você e como aplicar isto.

30. Pedra da Iluminação - Iluminação também é conhecida como esclarecimento. Esta pedra é o lugar para ir se você deseja encontrar uma compreensão divina do mundo. Você aprenderá a deixar a energia sagrada - do Criador - fluir livremente por você. Aqui você achará que você já tem muitas das verdades que você busca e aprenderá a trabalhar com elas.

31. Pedra do Crescimento - Crescimento no meio físico que alargam seu conhecimento dos aspectos físicos do universo. Aprofunda-se naquele conhecimento e entenda a mudança que está acontecendo ao redor de você e no universo. Estar aqui ajudará você a conhecer suas emoções, aceita-las e aprender como utiliza-las para o seu crescimento.

32. Pedra da Confiança - Confiança, no reino físico, é ter confiança em você e aceitar seu ser físico. Este é o lugar para se livrar de suspeitas e desenvolver sua convicção em algo ou alguém. Aqui, você aprenderá como expressar suas emoções completamente e receber amor abertamente. Espiritualmente, você alargará sua idéia do que é sagrado e permitirá a ajuda do Criador.

33. Pedra do Amor - Este é o sentimento da energia da vida dentro de você. Aqui você descobrirá sobre ter mais prazer em suas relações e com seu próprio Ser. Este é o lugar da verdadeira cura emocional e no qual aprende a se apoiar nos outros. Com esta pedra, você aprenderá mais sobre devoção, ternura, honestidade e paixão. Espiritualmente, você terá um compromisso e uma conexão emocional e profunda com o Criador e a criação.

34. Pedra da Experiência - Experiência é um eterno aprendizado. Você também avaliará seus sentimentos e os aceitará. Você pode estar procurando uma espiritualidade mais madura. Neste lugar você aprende a interiorizar as lições que você aprendeu. Aqui, você conseguirá se conhecer melhor.

35. Pedra da Introspecção - Este é um lugar de reflexão em todos os níveis. Ganhar mais conhecimento de seu Ser e trabalhá-lo interiormente, aqui você encontrará a solidão e o silêncio. Permita expressar seus sentimentos com sabedoria. Você encontrará suas verdadeiras emoções, e seus padrões serão revelados. Aprenda como meditar e canalizar sua energia espiritual. Neste lugar de paz, você pode comunicar-se diretamente com a energia sagrada que está dentro de você e dentro de todas as coisas ao seu redor.

36. Pedra da Força - Aqui, você precisará saber seus limites, testará sua resistência, fibra e fluxo de energia. Você encontrará a disciplina mental que você precisa para ter coragem e convicção. Força é a habilidade para estar mais centrado e atento aos outros e as suas necessidades. Você pode ganhar segurança em suas relações e autocontrole no agir e reagir diante dos outros. Com a Força você conhecerá sua verdadeira conexão com o Criador.